Depois de mais de 30 anos a apregoarem ao mundo o seu college-rock, depois de milhões de álbuns vendidos, a banda de Michael Stipe, Peter Buck e Mike Mills - R.E.M – despede-se oficialmente dos seus fans num piscar de olhos. Para trás ficam memórias e refrões sabidos na ponta da língua e repetidos por várias gerações, que irromperam do underground para o mainstream em singles como “Everybody Hurts”, “The One I Love”, “Losing My Religion” ou “Shiny Happy People”.

A verdade é que o sucesso dos últimos álbuns Collapse Into Now ou Accelerate ficaram muito longe do êxito global de Out of Time (1991) ou Automatic for the People (1992). O trio despediu-se com uma mensagem no seu website:

“To our Fans and Friends: As R.E.M., and as lifelong friends and co-conspirators, we have decided to call it a day as a band. We walk away with a great sense of gratitude, of finality, and of astonishment at all we have accomplished. To anyone who ever felt touched by our music, our deepest thanks for listening.”

Relembrem alguns dos melhores momentos de sempre do trio norte-americano.

Subscreve a Punch TV!