Sleep Party People é o projecto de dream-pop caseira do dinamarquês Brian Batz. Música electrónica com sabor agridoce, com ingredientes shoegaze dos My Bloody Valentine, a mística enegrecida dos Cocteau Twins ou a idiossincrasia dos Flaming Lips.

Com a ajuda de uma drum machine antiga, um piano e guitarra, o músico constrói um universo único e fantasioso, com paisagens sonoras que escondem uma neblina de ruídos estranhos, espectrais e encantados. Aquele tipo de conto de fadas que começa em tons de cor ofuscante e se torna mais intenso e obscuro à medida que a noite cai.

Ao vivo o produtor rodeia-se de 5 amigos que tocam com máscaras de coelho em versão Donnie Darko que são tudo menos amorosas. O álbum homónimo, editado no início deste ano, é um conjunto de canções escapistas com várias camadas de sons disformes, vocais irreais e intimistas, que nos atrevemos a comparar a Jónsi, o vocalista dos Sigur Rós.

Deste álbum podemos ouvir este maravilhoso “Dwarf And The Horse” remisturado por outro produtor supremo, Trentemøller. Vejam aqui o vídeo de “Notes to You” e da remistura de Trentemøller, criado pelo artista de 24 anos Czlowiek-Kamera. Aconselho igualmente a verem as assombrosas performances da banda ao vivo no The Copenhagen X Sessions.

 

Pedro Lima

Subscreve a Punch TV!