A cantora sueca que nos tem feito “Dance, Dance, Dance” nos últimos anos, Lykke Li, parou estes dias pela rádio australiana Triple-J para apresentar o seu brilhante último álbum Wounded Rhymes.

Entre as canções do disco, a cantora presenteou-nos com uma versão da balada atormentada dos Righteous Brothers, “Unchained Melody” (1965). À semelhança do que já tinha feito com o original de The Shirelles, “Will You Still Love Me Tomorrow?“, Li entregou-nos uma canção soul despida de acessórios e acompanhada apenas de uma guitarra acústica e vozes de apoio. Uma balada que nos despedaça o coração, cantada com a emoção e fragilidade que só ela nos sabe dar como se estivesse sozinha no fundo de uma caverna escura.

Pedro Lima

Subscreve a Punch TV!