Na próxima segunda feira 31 de Outubro, temos viagem marcada para o Europa, ali pertinho do Cais do Sodré. O capitão desta viagem é Cpt. Luvlace que vai ser o nosso anfitrião, nesta noite em que a Extended Records se apresenta ao público. A Extended é um projecto de 3 rapazes com um interesse comum, a música electrónica, Sebastião Pinto (Sebastian Lieben), Gonçalo Santos (Terzi) e João Frederico ( Smuggla) são os mentores deste projecto que têm o objectivo de divulgar novos artistas Portugueses.

Mais informações e mix-tapes dos artistas aqui.

1. Qual foi a tua primeira experiência com música?

Sebastião: A lembrança mais longínqua remonta aos meus 5 anos. O meu pai teve um bar no Algarve e tinha uma bela colecção de Vinyl guardados lá em casa. Lembro-me perfeitamente de brincar com os discos dele e ficar fascinado a ouvi-los rodar durante horas. No entanto a primeira experiência creio que foi num casamento de família em que pedi ao DJ de serviço, para me deixar fazer uma passagem (prego, claro).

Gonçalo: A minha primeira experiência com música foi com um órgão electrónico, com uns 5 anos. Não desenvolvi muito essa vertente, pois era puto e cansava-me rapidamente das coisas.

João: Essa é uma pergunta dificil pois lembro-me bem de ouvir musica desde sempre.. Em relação à musica electronica o interesse surgiu há cerca de 3 anos quando comecei a fazer uns sets com o meu amigo Terzi.

2. Para ti, que artista merecia o nome de uma rua?

Sebastião: Ainda não consegui aceitar bem o facto de não puder voltar a ouvir Dj Mehdi ao vivo. Gostava de ver o nome dele (Mehdi Favéris-Essadi) numa rua para os lados de Santa Apolónia.

Gonçalo: Artista não sei nenhum. Mas podendo ser uma banda, uma rua Kraftwerk no centro de Berlim tem algo de mítico.

João: O artista que mericia nome de rua teria de ser o SebastiAn pois foi ele o grande responsavel por ter entrado neste mundo do djing.

3. Qual o próximo álbum que anseias ouvir?

Sebastião: Neste momento estou ansioso por ouvir o novo álbum dos Justice. Que sai hoje! Sempre foram uma grande influência para mim e há já algum tempo que estou à espera deste segundo álbum. Apesar de tudo continuo com boas expectativas e mal posso esperar por ouvir a Newlands com boa qualidade.

Gonçalo: Os Shadow Dancer andam a preparar um novo álbum, e estou para ver o que fazem depois do belíssimo Golden Traxe. Também anseio por ouvir o novo álbum de Juan Maclean e a compilação da Tsugi da Club Cheval, que acho que já saiu.

João: Neste momento estou à espera que saia ( se é que algum dia vai sair) o Badman VIP de Kryptic Minds. Mal posso esperar para o tocar ao vivo e ver a reacção do publico.

 

4. Qual foi o teu episódio mais bizarro?

Sebastião: Ora bem, hrrr.. há coisa de 3 meses fui convidado, a pedido de um amigo, para ir tocar a um bar em santos cujo nome não quero revelar. Apareci à 1:30 porque ia tocar  às 2:00 mas acabaram por me adiar para as 3:00. Fiquei espantado por ter de pagar as cervejas enquanto esperava a ouvir Kuduro. Conclusão, foram adiando adiando até que reparei que nem sequer tinham “cdjotas”- foi então que decidi dár à sola com duas cerevejas na mão.

Gonçalo: O meu episódio mais bizarro foi quando fui tocar a um after no Bar do Rio. Toquei para 20 pessoas. Comecei o set (eram 9h30 da manhã) e o público estava frouxo. Lembro-me de me baixar e pôr uns óculos de sol. Quando me levantei, a reacção do público mudou drasticamente e começou tudo a curtir. Mas eram 20 pessoas à mesma.

João: á que estamos no halloween o meu episodio mais bizarro vai ter de ser o meu set de amanha.

 

5.O que acham que podemos esperar desta festa que invade o Europa? Doces ou Travessuras?

Sebastião: Quanto à apresentação da minha editora, a Extended Records, posso-te garantir um misto de tudo, a começar com o house mais doce do Terzi e a acabar no dubstep mais travesso do Smuggla. Vai haver de tudo neste showcase de extensa variedade de géneros. Mas isto é só a primeira hora e meia, quanto ao resto acho que o melhor é mesmo aparecerem.

Gonçalo:  Doces. E travessuras. Pelo menos no espaço da Extended Records, há espaço para as duas coisas. A doçura dos sets de Terzi com a evolução matreira de Sebastien Lieben, e também o dubstep agridoce de Smuggla, que tanto pretende animar as hostes como metê-las em transe.

João: No que diz respeito ao meu set pode se esperar algo bem mais dark e deep do que o habitual. No que toca aos outros artistas espera-se a qualidade que vem sendo habitual.

5 MÚSICAS_

Sebastião: MGMT_”Time to Pretend”

Gonçalo: LCD Soundsystem_”Sound of Silver”

João: Tame Impala_”Half Full Glass Of Wine”

Extended: Justice_”Stress”

 

João Manzarra_Pudim de Natal”

Daniel Campos

Subscreve a Punch TV!