A banda sueca The Sound Of Arrows, composta por Stefan Storm e Oskar Gullstrand, já não é novidade para ninguém. A dupla aposta numa combinação de ritmos etéreos synth-pop, vocais ao estilo Pet Shop Boys, explosões gráficas de cor contagiante, que nos transportam para ambientes irreais, mágicos e futuristas, habitados por unicórnios e arco-íris, imagética infantil, alegres coros de crianças, reinos e heróis inter-galácticos.

Voyage, publicado em Novembro, é o tão aguardado longa-duração de estreia que inclui épicos como os já conhecidos “M.A.G.I.C.” ou “Into the Clouds“, juntamente com novas malhas talhadas com perfeição como “Nova” ou “Wonders“. O álbum, altamente recomendado, está disponível aqui.

Para a décima Exclusive Mixtape, Stefan Storm compilou a sua selecção dos temas que mais marcaram 2011 e explicou-nos porquê. Enjoy!

 

 

Life if Life  - Noah and the Whale

Lembro-me de ouvir isto na rádio enquanto viajava de carro para os Alpes, para darmos um concerto num festival na Suiça. É uma música que levanta o astral, tipo hino. O vídeo também está bem bacano!! O álbum de onde esta música foi tirada (Last Night On Earth) é provavelmente um dos meus favoritos deste ano.

Shake it Out – Florence + the Machine

A grande voz com grande cabelo está de volta, com uma música melhor que qualquer uma das anteriores. O som desta música é absolutamente massivo e faz-me querer rasgar as minhas roupas, subir à montanha e “shake it out”. Impressionantemente simples mas eficaz. Adoro o facto de algumas lyrics serem algo góticas, onde a melhor é “Tonight I’m gonna bury that horse in the ground”

Gabriel – Joe Goddard

Trippy NYC hipster party music! Tem uma produção tão interessante. Muito inspiradora para mim.

The Drummer – Niki & the Dove

A melhor banda do mundo, neste momento, Niki & the Dove vão rebentar em 2012. Mas eles deram um teaser do quão brilhantemente acessível e mental é a música deles através deste single. O incansável arpeggio que percorre o refrão é um dos meus sons preferidos deste ano!!

Your Loft My Acid – Death in Vegas

O duo britânico regressa à forma este ano, com uma das mais surpreendentes e tripantes músicas – aliás – malhas, deste ano. Imaginem a “I Feel Love” da Donna Summers mas, se possível, em ainda mais LSD. O refrão é simplesmente sublime.

All Eyes on You – St. Lucia

Este miúdo vai estar em grande em 2012, mas esta música já anda nos blogs este ano. Dancei muitas vezes ao som desta.

Rhoda’s Theme – Fall on Your Sword

A DFA continua forte, sempre a lançar cenas brilhantes. Esta faixa é a soundtrack para o filme indie-sci-fi “Another Earth”. A produção espiral e os sons analógicos são de morrer. O perfeito instrumental para se ir andar de bicicleta.

Jelaousy – Will Young

O Will Young não é um nome muito conhecido fora do Reino Unido mas aqui, ele é uma grande estrela. Esta faixa é, sem dúvidas, uma das melhores que ele já fez e uma das melhores do ano. Os synths não vão deixar-te boquiaberto, mas o subtil refrão vai deixar-vos em transe.

Sun Goes Down – Icona Pop

A segunda melhor banda da Suécia (não fiquem com ideias – a primeira são os Niki & The Dove) lançou um grande EP este ano. Todas as músicas são soberbas mas esta é provavelmente a melhor. Envia-te para um sítio estranho e escuro, mas é uma viagem que vale a pena. Conta com a participação dos The Knocks, que também ajudaram a escrevê-la.

Love U More – Sunday Girl

Não foi ainda lançada, tecnicamente, mas ao que parece, esta pode ficar para sempre no limbo (a data de lançamento foi atrasada três vezes), por isso eu vou adiantar-me e enfio a música neste pacote de 12 músicas, até porque o vídeo já saiu há meses. Esta é uma cover de um (muito coverizada) hit pop-rave dos anos 90. Ao contrário de outras covers horríveis desta música, esta consegue ultrapassar a original. A voz da Jade (Sunday Girl) assenta perfeitamente nestas letras e a melodia e produção estão imaculadas. O refrão em acorde menor é simplesmente arrepiante para mim. Uma música que eu adorava ter escrito.

Next to You – Dante

Uma sub-apreciada malha directamente da Suécia. Se este gajo fosse negro e dos EUA, já seria bastante conhecido por agora. Uma pérola soul pop com beats brutais.

Lost City – The Sound of Arrows

E falando de sub-apreciação, esta pequena música do duo sueco é provavelmente a melhor que já fizeram. Uma composição que o próprio Vangelis ficaria orgulhoso de ter escrito. Ponham os headphones, fecham os olhos e sejam transportados para outro Mundo ;)

João Pacheco e Pedro Lima

Subscreve a Punch TV!