Já hoje, na Barbuda, ao fim da tarde, podemos ir todos participar numa noite dedicada ao concerto do projecto recém-nascido Go Suck a Fuck!

Após o êxito polémico e viral das adoráveis Pega Monstro, a Cafetra Records não pára de andar numa constante roda viva de novidades.

Para quem ainda não conhece, a Cafetra não é mais do que a única editora DIY de Lisboa governada por uma dezena e tal de jovens amigos que querem tocar, da forma mais despreocupada e distorcida possível. Não se consegue definir um género transversal ao que as várias bandas fazem, mas o lo-fi é certo e é assumida a admiração pelos Wavves ou os No Age.

Para além dos fundadores Os Passos Em Volta (que abriram para Roger Stevie Moore no Musicbox), dos super-ruidosos Kimo Ameba ou da dupla familiar 100 Leio, somos surpreendidos agora com mais uma dupla, os Go Suck a Fuck, que vão ao mar com um órgão da Casio, uma guitarra e mais umas coisinhas.

No passado dia 14, foi disponibilizado, em streaming, no bandcamp, o EP de estreia, de nome Para o seu Marido. Não se trata de mais do que vinte faixas, nenhuma ultrapassando os dois minutos, com os já esperados títulos randómicos da Cafetra.

Quem ficou interessado pode dirigir-se, esta noite, à Barbuda, pelas 19h, para o concerto de lançamento deste EP. Os Go Suck a Fuck serão também acompanhados com uma actuação dos 100 Leio e com  o imperdível pack da Cafetra Records (EP de 100 Leio, Éme, Pega Monstro e Go Suck a Fuck + Compilação Cafetra Records + disco d’Os Passos em Volta) só por 10€.

Não ficando por aqui, segundo o Facebook, quem comparecer, tem direito a jantar, de preço muito económico.

Já há muito tempo que a crise não é desculpa para se ficar em casa numa sexta-feira à noite.

Rodrigo Soromenho Marques

Subscreve a Punch TV!