A russo-americana Regina Spektor já não é a menina frágil de “Fidelity” ou “Us“, em que fazia do piano o seu filtro redentor de catarse emocional, adornado por momentos de pop naïve por vezes até demasiado açucarada. Pelo menos a julgar pela primeira amostra de What We Saw From the Cheap Seats, o seu sexto álbum, que será lançado na Primavera.

O álbum acusa a produção de Mike Elizondo, conhecido por colaborações com Dr. Dre ou Eminem, e introduz um nova direcção, mais invasiva e arrojada da cantora. “All the Rowboats” é uma canção confiante dominada por um piano imponente e uma percussão marcial como pano de fundo para uma Regina Spektor mais confiante e espinhosa que nunca.

Pedro Lima

Subscreve a Punch TV!