De facto, o hip-hop e o rap não são – de todo – o terreno onde me sinto mais seguro. Especialmente quando falamos de hip-hop puro e duro, sem os bling-bling MTV à mistura. Especialmente quando falamos de The Roots, uma formação que existe há quase tanto tempo como este vosso escriba.

Undun é o décimo primeiro (se não contarmos com Betty Wright: The Movie) e mais recente álbum de uns senhores que dispensam apresentações e já andam nisto da música desde 1987. E coube a este jovem imberbe dá-lo a conhecer um pouco melhor.

Antes de mais, do que se trata? Ao longo de 14 faixas vamos conhecendo a vida da personagem fictícia Redford Stevens, mas por ordem contra-cronológica. Assim, na segunda faixa – Sleep – somos confrontados com uma espécie de Outono da vida de Redford, prestes a morrer. Digo que é na segunda porque a primeira é uma espécie de conclusão, o que fica depois da vida.

Feitas as apresentações, resta-me dizer que Undun é l-i-n-d-o. Lindo! É uma das melhores obras que estes pobres ouvidos alguma vez tiveram o prazer de escutar.

Existe muito do lado street-rap no álbum, mas misturado com arranjos musicais de primeira e com momentos absolutamente fantásticos, como a faixa Possibility (2nd Movement).

Depois, sendo um álbum de hip-hop, tem muitos momentos de puro chillout, daqueles que dão para reflectir sobre uma enormidade de situações.

Acredito que Undun não seja fácil à primeira. Nem à segunda. Aliás, parece-me que é um disco que vai demorar a assentar e a entranhar-se nas prateleiras e colecções do público. Mas também acredito que vai conquistar o seu lugar ao sol. Um sol underground, mas ainda assim… um sol.

A boa notícia é que a banda vem este ano ao nosso jardim à beira-mar plantado. Dia 4 de Agosto, os The Roots estarão na edição 2012 do festival Sudoeste TMN, na Zambujeira do Mar.

Segundo a organização, o dia em questão “é o único possível”,  tendo em conta o compromisso com o talk-show norte-americano Late Night with Jimmy Fallon, no qual são a banda residente e onde Questlove – um dos seus fundadores – é uma espécie de sidekick de Jimmy Fallon.

Prevê-se um belo concerto. Afinal de contas, poucas coisas poderão ser melhor que ver uma banda tão lendária ao vivo numa (espero eu) tórrida noite de Verão, após um excelente dia de praia.

Ricardo Quintela

Subscreve a Punch TV!