Há já dois anos que ouvimos falar do quarteto londrino Clock Opera. A banda tem garantido altos níveis de alegria entre críticos e bloggers ao disparar singles a conta-gotas como “White Noise“, “Man Made“, “Belongings“, “Lesson No. 7“, “A Piece of String” ou “Once And For All”. Canções ligadas pelo tom confessional e sincero ao piano, que despertam gradualmente em camadas de synths reluzentes e pratos a desbravar caminho até crescer num turbilhão contagiante de emoções e orquestras de electrónica galopante.

Guy Connelly, o barbudo vocalista com voz de trovador, disponibiliza agora o longa-duração de estreia Ways To Forget, na íntegra, através do Hype Machine. Para acalmar a ansiedade até dia 23 de Abril, data de lançamento do álbum via Moshi Moshi / Island Records.

 

Subscreve a Punch TV!