O universo indie pop próprio dos The Happy Mess é uma das referencias na música nacional. Com apenas dois álbuns, já calcorrearam a maior parte das salas do país, marcaram presença nos grandes festivais em Portugal e recentemente foram uma das bandas convidadas no Eurosonic 2017.

Como se isso não bastasse, a banda acaba de confirmar um terceiro disco, ainda sem data de lançamento ou nome previsto, com a partilha do seu mais recente single, “Love is a Strange Thing”. Produzido por Fred Ferreira (Orelha Negra / Banda do Mar) e Rui Maia (Mirror People / X-Wife) e como o próprio nome sugere, é uma viagem às particularidades do amor; aos pequenos e colossais detalhes que nos inquietam, que nos tornam eufóricos e felizes, por vezes irremediavelmente incoerentes e irracionais. Um tema doce, sincero, refrescante, revigorante, que nos sabe a verão e que nos permite divagar pelas nuvens ou por um céu estrelado enquanto pensamos nos nossos entes mais queridos e nos momentos mais estranhos que já passamos em conjunto. Um ode ao amor…


O novo single é apresentado ao vivo, em estreia absoluta, no concerto de dia 7 de abril noMusicbox em Lisboa que marca o regresso da banda aos palcos lisboetas e a um espaço que lhes é tão familiar. A Punch vai ser parceira oficial e para além de um passatempo vai-vos dar a conhecer melhor, cada um dos seus membros

Lúcio Roque