Imaginem-se a entrar num bar de Alabama, nos Estados Unidos. Enquanto esperam pelo vosso whiskey, estão a ouvir a banda local a disparar um blues rock pujante, que torna o vosso corpo inquieto, tal é a energia que contagia a sala . Pois bem, semelhanças à parte, a banda que vos apresentamos hoje não é dos Estados Unidos. É, sim, um dos tesouros mais bem guardados de Aveiro.

Formados em 2012, os Moonshiners são o trio formado por Gamblin’ Sam (na voz e na harmónica), Susie Filipe (na bateria) e Vítor Hugo (na voz e na guitarra). Por entre  influências bem distintas e díspares, como Bob Dylan e Morphine, criaram uma sonoridade pujante, explosiva e efusiva de blues rock, à qual é impossível ficar indiferente!

Em 2012 lançaram o seu primeiro EP, homónimo, composto por seis canções originais que falam de (como não podia deixar de ser) whiskey, cerveja, de desaires amorosos e de conversas entre as duas entidades máximas na religião, Deus e Diabo. Em 2015, depois de um longo período de estrada, lançaram um segundo EP, intitulado Good News for Girls Who Have Sex Appeal. Apesar do título bastante sugestivo, apresentaram um trabalho diferente, mais maduro e consolidado, que conta com a participação especial de The Legendary Tiger Man (!). Suspeitamos que a inspiração para o primeiro longa duração surgiu na estrada, pois os Moonshiners fizeram parte da comitiva que foi ao Eurosonic deste ano, no Veszprémi Utacazene Fesztivál (na Hungria), e também uma tour pelo norte de Espanha. O lançamento do seu primeiro LP, Prohibition Edition, está previsto para Fevereiro de 2018.

Em suma, os Moonshiners são uma banda que devem deixar no vosso radar! É blues rock no seu expoente máximo, cheio de descargas energéticas, riffs de guitarras insanas  bem trabalhadas, uma harmónica sensacional fora de si, e uma voz misteriosa e envolvente. Enfim, como os próprios descrevem o seu próximo álbum, tratam-se de “músicas para homem sensíveis e mulheres de barba rija”.

Para aliciar ainda mais a vossa curiosidade, desafiamos-vos a irem hoje ao Sabotage Club, em Lisboa, assistir à apresentação do novo álbum!

Lúcio Roque