Quando vos apresentámos o projecto do jovem produtor francês de descendência marroquina, Mehdi Benjelloun, ou Petit Biscuit,  estávamos longe de pensar no que seria o seu próximo passo, mas decerto que seria monumental. Pois bem, para celebrar o seu 18º aniversário, este decidiu editar o seu tão aguardado primeiro álbum, Presence.

Masterizado por Chad (responsável por algumas das obras mais importantes de Daft Punk, Air ou Sebastien Teller), é, de acordo com Petit Biscuit, parte inspiração dos momentos excepcionais que viveu desde a ascensão do seu projecto, parte inspiração na felicidade, stress, adrenalina, fadiga, amor e inveja que esta ascenção causou. Porém, é muito mais do que isso. É um conjunto de 14 canções que explora de forma exaustiva a expressão do seu universo sonoro emotivo, melódico, íntimo e único – quase cinematográfico –, capaz de fazer com que a nossa mente divague por momentos passados, como memórias queridas ao lado dos nossos entes mais queridos. Importa ainda realçar a expansão da sua visão artística através das participações especiais de Lido, Panama, SONIA, Mome e Issac Delusion, e Bipolar Sunshine e Cautious Clay.

Presence é um álbum que arriscamos dizer perto da perfeição, do princípio ao fim. Este cimenta o produtor Mehdi Benjelloun no seio dos novos melhores produtores e, por isso mesmo, sugerimos que o deixem em loop nos próximos tempos.

Lúcio Roque