Foi no passado dia 25 de Janeiro que os FIDLAR, banda californiana de skate punk, nos presentearam com o seu novo álbum de originais 4 anos depois do seu ultimo álbum de estúdio Too. O novo trabalho intitula-se Almost Free.

O disco conta com uma duração de quase 42 minutos e 13 temas, foi produzido por Ricky Reed que já foi nomeado pelos Grammy’s e gravado na Sunset Sound em Hollywood.

Álbum que entre outros temas fala principalmente da sociedade americana e tece algumas críticas à mesma,
começa com o tema “Get Off My Rock”, de rosto um pouco diferente por ser um tema de género Hip Hop que Zac Carper (vocalista e guitarrista) diz ser um tema inspirado no Hawaii, onde este cresceu mas que no resto do album regressa ao clássico FIDLAR e àquilo que estamos habituados a ouvir deles.

O próximo tema é o single “Can’t You See”, cuja sonoridade é do mais puro e original som de FIDLAR que conhecemos e, que fala sobre a necessidade do ser humano precisar de cada vez mais bens matérias para se sentir bem e concretizar.

“By Myself” é o terceiro tema do álbum e apresenta-nos uma sonoridade diferente mas interessante, soando um pouco mais a música eletrónica do que propriamente ao rock/punk dos FIDLAR mas tendo à mesma malhas de guitarra que fazem a musica não fugir muito à regra. A música fala de um dia de copos com amigos que acabou da maneira que se espera e de uma posterior ressaca. Um tema que ligeira um pouco o álbum em termos do tema das músicas, sendo o restante álbum muito mais crítico sobre vários aspetos.

Almost Free é um renovar dos FIDLAR mesmo não fugindo às suas origens, um álbum muito bom que soa realmente a novo na música atual e que não é apenas mais um. É um disco que vale imenso a pena dar uma ouvida que está prometido que irá surpreender.

9/10

Pedro Dias