Depois de um longo período de espera para editar um novo álbum, os First Breath After Coma apresentam NU. O novo trabalho da banda de Leiria mostra uma faceta mais íntima da banda e uma grande salto qualitativo ao nível de produção. Aproveitaram este momento para lançar também um álbum visual, muito bem realizado e que pode ser visto por todos no Youtube. No passado dia 7 de março, os leirienses passaram pelo Estúdio Time Out, em Lisboa, para apresentarem este seu novo trabalho, numa sala cheia e ansiosa por ver estes amigos tocarem os novos temas.

Sem grandes demoras, a banda subiu ao palco com cinco elementos e com muito muitos instrumentos a acompanhar. Aqui se vê o crescimento da banda – este seu novo álbum é o mais ambicioso e levar isso para palco não é fácil. Implica mais máquinas, uma grande sinergia entre todos os elementos e muitos ensaios. O que vimos desde da primeira canção até ao último momento foi uma banda já com as novas canções bem afinadas e preparada para públicos ainda maiores. O concerto concentrou-se essencialmente no novo álbum, salpicando com temas mais antigos. Se os álbuns anteriores talvez tivessem canções mais melancólicas, NU revela-se muito emocional, onde são exteriorizados sentimentos fortes e isso sente-se em vários momentos do concerto, com a banda a puxar muito por si e a contagiar o público.

“Heavy” fechou o concerto, antes dos dois encores. Este é o primeiro single do álbum e talvez uma das músicas mais conseguidas do conjunto até hoje. É surpreendente a energia com que tocam este tema, no videoclipe podemos ver uma luta constante e até mesmo um certo sofrimento. Uma das características dos First Breath After Coma é que eles são muito verdadeiros e genuínos, isso está presente nas músicas e no palco.

Saíram de cena e o público ainda pediu mais dois encores, eles retribuíram com gratidão e mais algumas canções. A noite acabou a NU e com a sua verdade.

Texto: Rodrigo Toledo

 

Fotografia: Luís Sousa (Música em DX)