Uma das maiores bandas nacionais da atualidade voltou a Lisboa no passado dia 6 de Abril, para a apresentação do seu novo trabalho, A Invenção Do Dia Claro. Os Capitão Fausto apresentaram no Capitólio o seu novo disco na capital, dias depois de terem feito o mesmo no Porto.

O público que encheu o Capitólio ansiava ouvir a banda. O novo disco é um trabalho diferente dos anteriores, arrojado e com uma sonoridade renovada, que agradou certamente à legião de fãs dos Capitão e fez com que esgotasse a data relativamente rápido.

Pouco depois das 22 horas, como estava marcado, o concerto começou. Os Capitão Fausto subiram ao palco e levaram à habitual loucura os fãs que gritavam pelo grupo. O concerto começou com o tema inicial do novo trabalho, “Certeza”, seguido de “Faço as Vontades”, e que melhor maneira de começar um concerto do que com aquilo que são provavelmente os temas com sonoridade mais diferente e menos familiar para os fãs. O que é certo é que são temas excelentes, que mostram perfeitamente o ponto de viragem na carreira e nos trabalhos da banda, a navegação por novos mares e estilos desconhecidos da banda até à data, e têm-no feito de maneira exemplar.

O novo disco foi apresentado na íntegra e a quinta música do concerto foi “Sempre Bem”. O início emblemático do tema fez o público cantarolar essa parte inicial, o que fez Domingos Coimbra, baixista da banda, comentar esse facto e falar um pouco do novo disco, também. Fora o álbum novo, o concerto passou, claro, pelos temas mais queridos da banda e do público, como “Célebre Batalha de Formariz”, “Febre”, “Amanhã Tou Melhor” ou “Semana em Semana”, entre outros.

Perto do fim do concerto, enquanto tocavam “Verdade”, os Capitão fizeram os agradecimentos a quem esteve com eles e os ajudou no álbum, assim como os normais agradecimentos pelo concerto, especialmente aos pais, mulheres e namoradas.

Um dos singles do novo disco, e que tem videoclipe, “Boa Memória”, seria o último tema, pelo menos antes do encore. O público, pedindo mais à banda, fez com que esta regressasse para terminar o concerto. “Alvalade Chama Por Mim” e “Final” encerraram o concerto e no final do último tema o público acaba por, acapella, cantar a música, acabando o concerto de forma emocionante.

Os Capitão Fausto são daquelas bandas que quanto mais ouvimos e vimos ao vivo, mais queremos. Conseguem não fartar e cada concerto é de tal maneira uma festa que faz com que tenham uma legião já enorme de fãs, que está a crescer cada vez mais, enchendo cada vez mais salas e com todo o valor.

Texto: Pedro Dias

Alinhamento:
01. “Certeza”
02. “Faço as Vontades”
03. “Santa Ana”
04. “Amanhã Tou melhor”
05. “Sempre Bem”
06. “Amor, a Nossa Vida”
07. “Outro Lado”
08. “Semana em semana”
09. “Os dias contados”
10. “Corazón”
11. “Tem de ser”
12. “Lentamente”
13. “Maneiras más”
14. “Célebre Batalha de Formariz”
15. “Febre”
16. “Morro na praia”
17. “Verdade”
18. “Boa Memória”
Encore:
19. “Alvalade chama por mim”
20. “Final”