O percurso dos Too Many Suns ainda é recente, mas o seu primeiro EP mostra uma personalidade vincada. A sonoridade indie-rock focada na redescoberta dos anos 90 leva-nos para um década em que tudo parecia mais simples e mais verdadeiro. Esse tempo ainda está muito presente, mas parece uma realidade muito diferente da actual. Os Suns fazem essa viagem de forma interessante, propõem uma reflexão sobre o que realmente o que precisamos e isso às vezes é simplesmente uma boa canção pop. Que continuem a fazer canções que nos façam viajar.

Antes da sua actuação na próxima Punch Session (nesta sexta-feira – 13 de Dezembro) desafiámos-los a desvendarem as músicas que já lhes marcaram a vida, alguns guilty pleasures e ainda artistas que devemos ter em atenção.

1. Qual a primeira música que ouviste em repeat?
(Hugo Hugon): Oasis – “Supersonic” O meu irmão tinha o Definitely Maybe no topo dos seus 5000 cds. Ouvi uma vez e continuei a ouvir, como é óbvio.
(João Cardoso): Roxette – “Dressed for success”

2. A música que vais ouvir para todo o sempre?
(Hugo Hugon): Tom Waits – “Closing Time” Para mim boa música é toda intemporal e inesgotável no tempo. Independentemente disso vou tentar responder com ma que para mim personifique essa intemporalidade.
(João Cardoso): Prince – “Purple Rain”

3. Uma música que gostasses de ter escrito?
(Hugo Hugon): Elliot Smith – “Waltz #1″ Qualquer coisa feita pelo Elliot Smith é o objecto de reverência da minha parte. É um virtuoso que não se agarra ao virtuosismo. As músicas são muito directas na emoção que passam, e é assim que gosto delas.
(João Cardoso): Patrick adams – “Have a good day”

4. A música que define a tua juventude?
(Hugo Hugon): Smashing Pumpkins – “Bodies” Não há uma música que defina a minha juventude, há milhares. Vou deixar uma com que pacificava a minha raiva e agressão adolescente.
(João Cardoso): Pearl Jam – “Corduroy”

5. A letra de uma música que te inspire?
(Hugo Hugon): Bob Dylan – “Sad-Eyed Lady of the Low Lands” Fala sobre alguém com paixão e algum mistério, aliado a uma escrita maravilhosa, própria de um merecido prémio Nobel (desculpa Cohen).
(João Cardoso): Bill callahan – “Riding for the feeling”

6. 5 músicas de novas bandas que não paras de ouvir e que nós devemos ter em atenção?
(Hugo Hugon):

Sonic Youth – “Secret Girl”
Yo la tengo – “I Heard you Looking”
Miles Davis – “Flamenco Sketches”
dEUS – “Hotellounge”
Pavement – “We Dance”

(João Cardoso):

Moses boyd – “City nocturne”
Joe armon jones – “The leo & aquarius”
Robin arkestra – “Cosmic collisions”
Hanna williams – “I feel it”
Onra – “Let me fantasize”